Porque os cabelos transplantados continuam a crescer?

Porque os cabelos transplantados continuam a crescer?

 

Os pelos dos doadores crescem após serem transplantados devido à “dominância do dador”. Os folículos pilosos usados (ou ‘doados’) da área do couro cabeludo posterior durante a cirurgia de transplante de cabelo são geneticamente programados para continuar a crescer por toda a vida. Esses pelos não são suscetíveis ou resistentes ao DHT.

 

Podemos tomar como exemplo a calvície masculina, nestes casos a perda de cabelo ocorre seguindo um padrão, afetando geralmente a parte frontal da cabeça e se estendendo até a fronto-temporal, formando uma espécie de “ferradura” e preservando os cabelos laterais.

Os folículos pilosos doadores são retirados de uma região, onde nunca ocorre calvície, portanto são chamados de dominantes. A área doadora (ou dominante) se estende da parte inferior das costas do couro cabeludo até as partes inferiores do couro cabeludo lateral. E esta é a razão que os folículos capilares localizados lá são usados em cirurgia de transplante de cabelo.

 

É importante explicar que não é utilizado cabelo “novo” no transplante capilar, mas sim folículos já existentes, que são removidos de uma área e inseridos onde existe calvície. Outro fator importante é que esse processo também tem limitações, pois é preciso ter disponível uma área doadora capaz de fornecer folículos, e mesmo assim oferecer uma boa cobertura de cabelos.

 

Nesse sentido é preciso ter muita habilidade para distribuir de forma harmoniosa a quantidade limitada de folículos a tal ponto de preencher a região com calvície.

O transplante capilar em Curitiba é realizado pelo DR. Leandro Mauro, agende sua consulta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Transplante Capilar em Curitiba atendimento via Whatsapp
Telefone Implante Capilar em Curitiba