Transplante Capilar em Curitiba - Técnicas FUE, FUT e Transplante Capilar Combinado

Entenda o Transplante Capilar

O maior causador da calvície é a alopecia androgenética, mas a queda pode ocorrer devido a outros fatores, como doenças endócrinas, hábitos alimentares, alterações na estrutura capilar, carência de ferro no organismo, entre outros.

Mesmo nos casos mais avançados de calvície, uma área em forma de ferradura irá permanecer com fios na região posterior e lateral. Os fios retirados desta área são implantados numa região calva, ou se tornando calva, irão resistir pelo mesmo tempo que resistiriam na região de onde saíram.

Por esta característica de longa duração, muitos especialistas chamam os folículos capilares implantados de definitivos, pois podem durar por toda a vida do paciente. Confira a seguir as técnicas de transplante capilar realizadas pela Clínica de Transplante Capilar do Dr. Leandro Mauro em Curitiba, Ponta Grossa e Blumenau.

Na técnica de transplante capilar FUE apenas as unidades foliculares são retiradas da área doadora e transplantadas para a área receptora.

Nesta técnica as cicatrizes após o transplante são pequenos pontos puntiformes quase imperceptíveis. A técnica FUE permite ao paciente utilizar cortes mais curtos de cabelo após o transplante.

A cirurgia pode ser realizada em pessoas que apresentam alopécias padrão androgênico tanto masculino como feminino, em algumas patologias que fazem cair os cabelos, assim como cicatrizes e pós-traumas.

transplante capilar em curitiba técnica fue

Na técnica de transplante capilar FUT uma tira de couro é extraída da região posterior da cabeça, de onde são retirados os folículos capilares.

Com este procedimento de implantes capilares, uma cicatriz linear ficará visível na região posterior da cabeça, porém, um corte de cabelos médio será suficiente para esconder a cicatriz.

Excelentes resultados para os casos mais severos de calvície, o transplante capilar híbrido reúne as técnicas FUE e FUT.

Nos casos mais severos de calvície, onde nem a técnica FUE ou FUT apresentariam resultados totalmente satisfatórios, é possível combinar as duas técnicas principais, para conseguir um número maior de folículos capilares de regiões doadoras para transplantá-los para a região receptora.

Artas Transplante Capilar em Curitiba, implantes capilares para calvície e queda capilar

Como é feito o transplante capilar

Após anestesia local, uma faixa de escalpe é retirada da região posterior da cabeça (área doadora), e sob um microscópio, são separadas uma a uma em Unidades Foliculares, que compreendem de 1 até 4 fios dependendo de como aparecem naturalmente, para serem implantados na região desejada pelo paciente. Na área de onde foi retirada a faixa de cabelos, após ser fechada com uma sutura, ficará uma cicatriz muito fina, em média não mais larga que 1mm.

Enquanto os fios estão sendo separados, o local em que eles serão implantados vai sendo preparado. Com agulhas hipodérmicas finas ou lâminas especiais, são feitos furos na região receptora, seguindo o ângulo e direção dos cabelos ainda existentes na área, num número igual ao número de Unidades Foliculares encontradas na faixa de cabelo da área doadora.

especialista medico em transplante de cabelo para calvicie em curitiba

Imagens mostrando a faixa de cabelos sob aumento e as Unidades Foliculares apresentando de 1 a 4 fios e prontas para serem implantadas.

Com os fios separados e a área receptora devidamente preparada, os fios são implantados seguindo um plano escolhido pelo médico e pelo paciente durante as consultas prévias.

implantando cabelo na cabeça

Desenho mostrando a incisão paralela aos fios e a implantação da nova Unidade Folicular no local.

Terminado o ato cirúrgico, uma bandagem é colocada e deixada até o dia seguinte, quando o paciente volta ao consultório e receberá a primeira lavagem dos cabelos após a cirurgia, assim como as orientações necessárias.

Após 10 a 14 dias os pontos na região doadora são retirados.

Os fios transplantados podem cair após 2 semanas, mas os folículos permanecem no local, e após cerca de 3 meses eles começam a crescer lentamente, podendo continuar a aparecer novos fios até 18 meses depois do procedimento cirúrgico.

Usualmente em uma sessão cirúrgica são transplantados de 1.500 a 3.000 unidades foliculares, cerca de 5 a 10 mil fios, podendo ser mais ou menos dependendo da densidade, do tipo de cabelo e da elasticidade da pele da área doadora, que varia a cada paciente.

Transplante Capilar em Curitiba atendimento via Whatsapp
Telefone Implante Capilar em Curitiba