O que é transplante capilar FUE, como é realizado e resultados | Clínica Dr. Leandro Mauro

O que é transplante capilar FUE, como é realizado e resultados

transplante capilar fue curitiba

TRANSPLANTE CAPILAR, O QUE É?

O transplante capilar é o procedimento que transfere folículos capilares sem predisposição à calvície para a zona com calvície, quando os folículos são realocados, o cabelo cresce de novo na área. Esse procedimento é a única solução definitiva para a calvície hereditária, também conhecida como calvície androgenética.

O processo da calvície é diferente da queda de cabelo, pois os fios não caem senão entram num processo de miniaturização, virando bem pequenos, similares aos pelos do rosto, sendo quase imperceptíveis. A calvície só se apresenta em pacientes predispostos geneticamente a essa condição, causado pelos hormônios masculinos, testosterona, dihidrotestosterona (DHT).

O DHT é o hormônio chave no surgimento de alopecia androgenética, é cinco vezes mais potente que a testosterona, quando os receptores desse hormônio não se encontram distribuídos no couro cabeludo inteiro da mesma forma, acontece a calvície. No processo de transplante capilar em Curitiba os fios são transferidos para as zonas onde tem miniaturização, por alguma causa, ainda desconhecida, os fios realocados não passam pelo mesmo processo de transformação.

AUTOTRANSPLANTE CAPILAR

Algumas pessoas conhecem ou chamam o processo como implante capilar, porém não é o mesmo procedimento. O implante faz referência a colocação de um cabelo não natural na zona afetada, no entanto o transplante capilar usa os fios do paciente.

INDICAÇÕES DO TRANSPLANTE CAPILAR EM CURITIBA

Dr. Leandro Mauro preparando paciente para o transplante capilar

O transplante capilar em Curitiba pode ser realizado em qualquer pessoa com a condição de alopecia androgenética ou calvície, podendo assim ter cabelo novamente na área afetada.  É importante destacar que deve ser realizada uma consulta prévia para o especialista detectar em qual fase do processo de calvície a pessoa se encontra, pois alguns especialistas recomendam fazer o processo uma vez está estabilizado.

COMO É REALIZADO O TRANSPLANTE CAPILAR EM CURITIBA

Existem duas técnicas para realizar o transplante capilar, a mais tradicional FUT (transplante de unidade folicular)  é a técnica que não causa cicatriz linear chamada de FUE (Extração de unidades foliculares), a diferença é na retirada na zona doadora no procedimento.

Na técnica convencional FUT, uma faixa de cabelo é removida da região de trás da nuca a diferença da técnica FUE, onde o cirurgião remove do couro cabeludo a unidade folicular pronta com um diâmetro bem pequeno de 0,6 milímetros, logo são colocadas num microscópio e assim lapidadas, as unidades foliculares uma vez prontas são transplantadas para a zona tratada, por meio de micro incisões no couro cabeludo.

ESCOLHA DA ÁREA DOADORA

Área doadora de paciente para transplante capilar Curitiba

A análise e escolha da área doadora deve ser extremamente cuidada, pois se a fase da calvície estiver no início, existe a possibilidade de que a região escolhida também apresenta miniaturização com o tempo, voltando ao problema. Para uma escolha mais cuidada são retirados aqueles folículos com três fios na área, também é avaliada a distância entre os folículos capilares e a elasticidade dos fios, buscando assim que a zona tenha um resultado mais cheio.

PROCEDIMENTO TRANSPLANTE CAPILAR EM CURITIBA

Durante o procedimento, no momento de retirar os folículos doadores, eles são levados para a divisão em unidades foliculares, logo a zona passa a ser suturada. Os folículos doadores são colocados em soro fisiológico para sua conservação, até a recolocação. Uma vez que a zona doadora é fechada, uns 20% das unidades foliculares estão prontas para serem transplantadas.

Dr. Leandro Mauro preparando paciente para o transplante capilar

ANESTESIA

Só é aplicada uma anestesia local, similar às usadas pelos dentistas, sendo uma leve sedação para evitar incômodos no momento do procedimento. Finalizando o procedimento o paciente está totalmente acordado.

DURAÇÃO DO TRANSPLANTE CAPILAR EM CURITIBA

A cirurgia com a técnica FUE demora entre seis a 10 horas, dependendo do caso e paciente a ser tratado.

PROFISSIONAL APTO A REALIZAR O TRANSPLANTE CAPILAR EM CURITIBA

É recomendado realizar o procedimento com médico especializado em cirurgia plástica, pois são os especialistas que contam com todos os conhecimentos necessários.

PRÉ-OPERATÓRIO E PÓS-OPERATÓRIO DO TRANSPLANTE CAPILAR

Para realizar o procedimento são realizados exames pré-operatórios básicos como qualquer outro tipo de cirurgia, para a técnica FUE será necessário raspar os cabelos da área doadora com máquina 1.

Após o procedimento é utilizado um spray fixador especial, a utilização desse spray evita que seja necessário o uso de bandagens. No dia após o procedimento o paciente deve voltar à clínica para realizar a lavagem dos cabelos, logo poderá voltar a suas atividades de rotina, com algumas restrições como, não entrar em contato com o sol, praia, piscina, evitar realizar atividades físicas intensas e levar uma limpeza especial dos cabelos, após 15 dias o paciente já poderá realizar suas atividades sem nenhuma restrição.

RESULTADOS DO TRANSPLANTE CAPILAR EM CURITIBA

Os cabelos transplantados começarão a crescer após três ou quatro meses da cirurgia, os resultados finais serão visíveis num tempo estimado de um ano. Esse tempo estimado de crescimento auxilia em dar um aspecto natural ao pós- operatório, ajudando a que as pessoas pensem que o paciente esteja tomando algum medicamento e não tenha feito cirurgia nenhuma.

PODE OCORRER QUEDA DE CABELO NOVAMENTE APÓS REALIZAR O TRANSPLANTE CAPILAR?

O folículo escolhido não sofre com a ação do hormônio DHT, devido a isso os fios transplantados não sofrem mais alterações, mas outros folículos que não tenham sido transplantados pode sofrer o processo de miniaturização, o que não impede que o processo de calvície continue avançando.

COMPLICAÇÕES DO TRANSPLANTE CAPILAR EM CURITIBA

O procedimento do transplante capilar é minimamente invasiva, devido a isso apresenta poucas possíveis complicações, porém podem se apresentar diversas complicações como, baixa integração dos folículos, o que pode acontecer em pacientes diabéticos ou que fumam muito, se apresentar pequenas áreas de insensibilidade e inchaço em algumas áreas como testa, após alguns dias do procedimento. Sendo um autotransplante, quer dizer, o folículo é transferido do mesmo paciente, não existe possibilidade de rejeição ou infecção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Transplante Capilar em Curitiba atendimento via Whatsapp
Transplante Capilar em Ribeirão Preto